Um simples gesto . . .


Esta aventura, na verdade, vem oferecer aos leitores uma pequena reflexão sobre o que acontece ao nosso redor e que muitas vezes não percebemos o seu valor ou a sua importância.

Viajei para Três Passos no Rio Grande do Sul, no feriado de Tiradentes.


Isto só foi possível graças à magia da vida.
Eu acredito em Conspiração Divina... é o termo que uso para as bençãos de Deus.
Explico!
Em 2003, participei de um campeonato de futsal na cidade de Foz do Iguaçu. No mesmo alojamento, estavam uns gaúchos e seus costumes.
Tanto nós, que fazemos parte da comissão técnica, quanto os atletas, construímos uma grande amizade.


Criei ali, o primeiro Interestadual  em São Paulo, com a presença ilustre da equipe da Academia Saúde.
No ano seguinte, nós é que fizemos parte do primeiro Interestadual em Três Passos, com equipes de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Dei entrevista na RBS (Globo no Sul), dei entrevista na rádio local e o nosso capitão do Sub 17 foi entrevistado pelo Globo Esporte.
Um grande momento para todos!

Anos seguidos realizamos vários eventos neste estilo, contudo, algo estava sendo plantado.
Apesar de várias equipes participantes, o relacionamento entre Academia Saúde e GRUE (minha equipe), ficava cada vez mais forte.

Surge então, a primeira oportunidade de um aluno do sul disputar eventos representando a minha equipe. Foram 6 meses de muita preocupação, pois eu não seria o responsável  pelo garoto, mas um família que se colocou à disposição (uma família sensacional – muito respeito e carinho tenho por eles).


Após este período, em 2007, outra situação importante traçaria e confirmaria mais e mais esta amizade: um jovem sonhador e aspirante a desenvolver o seu futuro em “terras desconhecidas” viria morar em minha casa. Apesar de ter a sua família no sul, torna-se meu filho em São Paulo.


Muitos foram os momentos...
Alegres, tristes, de euforia, de expectativa e até mesmo de frustração. Contudo, se eu queria ter um “filho” sem estes temperos, não saberia o que seria esta fantástica sensação e aprendizado.
Talvez, você esteja se perguntando: “ – Mas o que este louco quer dizer? Que conversa fiada é esta?”

Caríssimos, houve a necessidade de passar - e sem muitos detalhes nas descrições acima - para evidenciar quão importante se faz apenas um simples gesto!

1) O cuidado: Como sou bem recebido pelas pessoas nesta e em outras cidades pelas quais levo os meus alunos para jogar. O respeito e o carinho me impressionam e, percebo em um simples gesto, o pensar benevolente ao cuidar de todos nós quando estamos em suas cidades. Não nos tornamos adversários, mas, criamos novas amizades através do esporte; 


2) A simplicidade: Quando vou às cidades por mais de uma vez e conheço pessoas, faço questão de retornar ao local e cumprimentá-las, bater um papo. Em um simples gesto, percebo como estas pessoas ficam com a minha presença. Não sou nada nem ninguém, contudo, pelo simples fato de ir visitá-los, se sentem importantes, dignos desta amizade, e principalmente, pessoas. Abastadas ou mais humildes, todas se colocam à inteira disposição de corpo e alma;


3As frases: “Você me deu uma grande oportunidade...” \ “Mais uma vez, muito obrigado pela visita...” \ “Seja sempre esta pessoa aguerrida e determinada...”;


Eu sou uma pessoa que procura aprender observando. A angústia já fez parte de quem sou e, como sofri.
Hoje, procuro ter paciência e observar.

Em um simples gesto, a honestidade contida nas frases me oferecem a certeza do que está acontecendo. A certeza do que verdadeiramente sentem. Vejo assim, e me senti  muito feliz ao saber que pude fazer parte do crescimento, desenvolvimento não apenas de alunos esportistas que nem eram meus ou de pessoas que mal conheci, mas, de indivíduos soberanos de si. Contemplei as suas casas, suas famílias, seus afazeres e, principalmente, me fizeram estar em casa;


4) A fartura: Carne de carneiro, churrasco, vinho, pepino em conserva, arroz carreteiro, café (feito especialmente para mim, pois lá se toma chimarrão). Tudo isso é preparado. A procura de me ganhar pela barriga é simplesmente sensacional (vocês não sabem o quanto é maravilhoso rsrsrsrsrsr).
Não! Esta é a forma que as pessoas procuram agradecer à outra a sua presença, a amizade, o carinho, o respeito dentre tantos outros quesitos inerentes ao relacionamento humano. Em um simples gesto, noto no entorno, a importância dada a oferecer o que de melhor se tem ao visitante, ao amigo presente;


5) O carinho: Ao chegar em casa, ser recebido da melhor forma possível e a parceria em permitir as minhas grandes aventuras por este mundão de Deus. Não há o que falar ou o que questionar. Posso dizer que sou abençoado e, não poderia pedir nada além do que já recebo.

O cuidado, a simplicidade, as frases, a fartura e o carinho
são alguns dos simples gestos que podemos perceber quando somos queridos.

Gostaria de sugerir  a todos vocês, alguns momentos: 
Fechem os olhos!
Busquem em suas memórias momentos parecidos com os descritos!
Percebam estes gestos, percebam os sinais, percebam o quanto vocês são queridos. Talvez, não por todos. Talvez até, não por aqueles que gostaria. Lembre-se, porém, que você é muito especial e, faz sim a diferença.

Cada um pode ter uma gama incrível de sinais. Estes foram os meus. 
Descubra, cultive e aprenda a entender o que está ao seu redor.

Não permita que a ganância e a estupidez acabem com um sonho. 
Apenas um carinho. Apenas um afago. Apenas um olhar singelo. Apenas uma palavra amiga. Era tudo que ele precisava.


Este filho de Três Passos, não teve tanta sorte. Que Deus console os familiares!

Enfim, faça da sua vida um manto de felicidade através daquilo que te faz bem, observando apenas...
Um simples gesto!


4 comentários:

Poções de Arte disse...

É... faz pensar e muito...
A vida é feita de pequenos grandes momentos especiais.
Adoro ler o que escreve.
Bjão.

Pedro disse...

Muito interessante! Me fez refletir sobre a importância que damos as coisas da nossa vida, do que está ao nosso redor e muitas vezes não valorizamos. Simples gesto! Gostei. Parabéns!

Luma Rosa disse...

Oi, Tio Silão!
Diante de tanta maldade existente no mundo, as coisas boas que nos acontecem tem que ser sempre reconhecidas e valorizadas.
Parabéns pelos amigos conquistados!
Beijus,

Tiane disse...

Oi! Vieste aqui pertinho! Nem tanto... rerere Mas vieste aqui no sul, que legal! Também gosto muito de toda esta interação com as pessoas, talvez, esta seja uma característica de pessoas que gostam de esportes. Pelo que vi, tu e a Bruxa são profissionais da Educação Física, né?! Eu cursei alguns semestres de Educação Física e cometi a estupidez de largar para tentar veterinária. Coisas da juventude afobada, não precisava ter largado a Educação Física. Adorei tua postagem! Acabei de vir lá da caverna da Bruxa e leno a postagem dela e depois a tua, fiquei com mais vontade ainda de conhecer este casal de bruxos pessoalmente! Quem sabe, um dia... Bjinho e bom final de semana!