Agenda Cultural - Cunha


Se você gosta de simplesmente conhecer novos lugares, situações e contos diversos, venha comigo nesta aventura!


Esta, se passa na cidade de Cunha, interior de São Paulo, a mais ou menos 250 km (seguindo pela via Dutra, vá até Guaratinguetá, vire à direita no trevo sentido Cunha / Paraty).

Pequena cidade na serra próxima à Paraty.
É conhecida pela sua Lavandaria, passeios na Serra do Mar, cachoeiras, subida em um pico de aproximadamente 1800 metros - Pico da Macela - e diversas outras possibilidades de curtição:


LAVANDÁRIO
Motivo de nossa viagem!
Pela simples vontade de conhecer algo novo, nos embrenhamos na estrada
para saber um pouco mais desta cultura.
Fomos ao sítio que produz as lavandas e compramos umas peças e mudas para o nosso plantio em casa.  Caso queira conhecer não se preocupe em estar perdido! Dizem que fica no KM 55, mas, na verdade, fica no KM 55 + 200m ... sim, mais 200 metros;

ATELIER CRISTIANO E SANDRA QUIRINO
 Vimos neste local várias peças para cozinha como xícaras, potes, pires...
Compramos um caneca para café que fará parte de nossa coleção pessoal;
Link 

ATELIER DO ANTIGO MATADOURO
Primeiro atelier da região, com características orientais.
Formado por uma família portuguesa, até hoje,
mantém as tradições da confecção de arte em cerâmica.
Conhecemos o processo de fabricação, histórias da família e do artista Alberto Cidraes, contados por Rafael, seu sobrinho, que está no Brasil há apenas 8 meses.
Conversamos com o próprio artista, aproveitando para tocar alguns instrumentos / peças
fabricados para se passar o tempo, ouvir, criar e curtir o som que sai de cada um deles.
Em tão pouco tempo falamos sobre uma enormidade de coisas: Física Quântica, Apresentação no Sesc, Correrias de São Paulo, Formação do Leonardo – aprendiz do senhor Cidraes -, minha formação e da minha esposa, dentre tantas outras conversas que foram se cruzando...
Sensacional!; 


ADEGA CUNHA
Adoro vinho e não poderia sair sem um.
Vimos um que ficava bem acima do orçamento, mas a sua história era sem dúvida um bom motivo para tê-lo, se fosse possivel é claro rsrsrsrsrs. A família data de 1300 dC. Está em sua 27a. geração.
Por ano, é realizada uma degustação para alguns convidados com apresentação de todo o histórico da família que fabrica o vinho.
Certamente, me colocarei à disposição para o próximo ano.
Comprei um vinho italiano da região de Toscana e tive momentos memoráveis com um belo almoço;

CAPRIL VALE DO JACUI
Local bem aconchegante para um bom lanche e compras de produtos de cabra.
Vale à pena visitar.
Que cabras simpáticas e bonitas!



O que me chama a atenção em todos os passeios que realizo, são os "causos" contados pelos moradores locais.

Na volta, após passar a pedreira do falecido Vicente Matheus, ex-presidente do Corinthians, pare no Rancho da Pamonha e compre o delicioso bolo de milho ou o curau fantástico que eles fabricam.
É muito bom!

Para saber mais sobre Cunha e suas atrações, clique neste link - é o site oficial.


Até a próxima aventura!

2 comentários:

Daiane Aline disse...

Poxa que bacana!
O melhor é a história que se tem em tudo.
Não sei se seria um bom roteiro pra crianças, mas a parte das cabras os meus iriam amar rs!
E eu a parte dos vinhos rs!
Bjuss!

Alessandra Santos disse...

Olá!
Que passeio legal e super interessante!
Gostei de conhecer um pouco mais!
E adorei ver foto da Querida Bruxinha!!!! Muito linda amiga!!!!!
Linda semana para vcs!
Um super bjo!

Alê - Bordados e Crochê
Fã Page